domingo, 28 de agosto de 2011



tu noite
eu dia
tu cigarro
eu alergia

tu cerveja
eu refri
tu mundo
eu aqui

tu voz
eu olhar
tu veloz
eu devagar

tu preto
eu colorista
tu revolução
eu pacifista

tu cérebro
eu mão
tu ponto
eu interjeição

tu palavra
eu quietude
tu rara
eu amiúde

tu sinônimo
eu antônimo
tu radical
eu também


terça-feira, 23 de agosto de 2011



A LÁGRIMA E O SOCO NA MESA
SACIAM O DESEJO
DO NÃO TER.
E ENTÃO ADORMEÇO
NO SILÊNCIO DA INTERROGAÇÃO.



quarta-feira, 16 de março de 2011